Irmão lamenta morte de jornalista de Goiás

irmão do jornalista Edivam de Sousa Martins, de 45 anos, encontrado morto em casa, em Itumbiara, lamenta a morte do irmão e cobra investigação sobre o crime. O corpo da vítima foi enterrado na manhã desta segunda-feira (27). “O que fizeram com ele não se faz com ser humano nenhum, foi uma barbaridade”, desabafou Egilvan Cabral.
O corpo de Edivam foi encontrado nu no banheiro de casa no domingo (26) com sinais de facadas no peito. A polícia suspeita que ele tenha morrido durante um roubo. A vítima foi encontrada pelo irmão, que foi até a residência após não ter notícias do jornalista por dois dias.
“Fica a dor do sentimento, vai fazer muita falta. Eu espero que as autoridades possam investigar bastante esse caso”, disse Egilvan.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para a barra de ferramentas