Goiás deve fechar 2017 com mais de 40 toneladas de drogas incineradas

A Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos (Denarc) deve fechar o ano de 2017 com mais de 40 toneladas de drogas destruídas. Além das oito toneladas incineradas no dia 9 de novembro, em uma indústria de Rio Verde, pelo menos mais uma incineração está programada para dezembro. Segundo o titular da especializada, Vinícius Teles, até o momento, 33 toneladas de entorpecentes apreendidos já foram incineradas.

Além da repressão ao tráfico no âmbito estadual, que gerou, apenas neste ano, apreensão de mais de oito toneladas de drogas pela própria delegacia, a Denarc também é responsável pela gestão e destruição de toda a droga apreendida pelas forças policiais goianas. “Somando todas as drogas apreendidas, mais a incineração programada, devemos fechar o ano com mais de 40 toneladas de drogas incineradas, um recorde”, diz Teles.

As incinerações, procedidas em uma rotina praticamente mensal em 2017, compõem uma força tarefa da seção administrativa da delegacia. A meta é iniciar 2018 com a integralidade das drogas apreendidas e com autorização judicial para queima destruídas. ASCOM da PCGO

Pular para a barra de ferramentas