Carnaval de Salvador terá Tayrone

O Carnaval de Salvador tem espaço para todos os ritmos e um deles é o arrocha. Puxando bloco pela primeira vez, o cantor Tayrone revela ser a realização de um sonho.

“Chegou a vez do Tayrone Exclusive chegar ao Carnaval. Tenho certeza que levar a sofrência da Barra até Ondina vai ser uma emoção para mim e uma experiência inesquecível também para esse público apaixonado”, ele vibra.

Para a folia, Tayrone lançou o Tirirititi, em parceria com Léo Santana. Ele revela que os dois já tinham vontade de gravar uma música juntos, e a parceria foi questão de tempo.

“Léo é um grande amigo, e já tínhamos essa vontade. É uma honra contar com a participação de um cara que admiro e que me proporcionou um momento especial, quando cantamos juntos no trio elétrico, no Carnaval de 2015”, conta.
Ele revela ter admiração por outros artistas que fazem parte da história da música baiana: “Cada encontro, seja nos bastidores de shows ou no palco, é sempre maravilhoso”.
No Carnaval, ele garante que os fãs ouvirão muito arrocha, com novos e antigos sucessos, nas seis horas de percurso. “Estamos ensaiando um repertório com músicas que marcaram esses 15 anos de trabalho. E teremos, também, o amigo Mano Walter como convidado, que vai fazer o público arrochar e se apaixonar ainda mais”, adianta.

Uma das músicas desse repertório é a canção Diarista, que já ganhou clipe e faz sucesso nas plataformas digitais. “Diarista conta a história do amor que surge quando a gente menos espera, e é uma linda homenagem a uma profissional tão importante para as nossas famílias. Fico muito feliz pelo sucesso do clipe e com o carinho dos fãs”.

Além dos sucessos atuais, a carreira de Tayrone é marcada por outros grandes hits do estilo, como Alô, Porteiro e Bipolar. Ele avalia que, mesmo com 15 anos de carreira, ainda tem muito a aprender.

“Acredito que Deus está no comando e busco manter os pés no chão, com humildade e muito trabalho, pois, assim, a gente consegue vencer os desafios e permanecer na luta. As dificuldades foram grandes no começo, mas superamos muita coisa e o segredo é não estar sozinho. Tive apoio familiar para realizar esse sonho. Sou grato por ter aqueles que amo ao meu lado e por ter uma equipe tão dedicada. Tenho 31 anos e me enxergo ainda no começo, com muita estrada pela frente”. Aô paixão! -Por Lúcia Silva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para a barra de ferramentas